InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Distrito 05

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Wallace McQueen

avatar

Mensagens : 318
Data de inscrição : 17/04/2015
Localização : Capital
Jogador : Állan

MensagemAssunto: Distrito 05   Seg Abr 20, 2015 12:49 am

Relembrando a primeira mensagem :



DISTRITO 5


"O Distrito 5 é responsável por gerar energia para toda a nação."



Antecipando os dias da Colheita, o ambiente no Distrito 5 estava bastante tenso. Haviam menos gente na rua, as pessoas falavam menos e pareciam nervosas. Porém, o trabalho continuava.


ATENÇÃO: Utilize este tópico para interagir dentro do seu Distrito (sozinho ou com o seu companheiro de Distrito). Pode falar de tudo, desde do que está fazendo até ao que está sentindo. Aproveite para desenvolver a história do seu personagem. A postagem não é obrigatória, mas apenas a faça se tiver a certeza que não mudará o distrito e ocupação do seu personagem depois. E lembre-se: O seu personagem ainda não foi escolhido na Colheita.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

AutorMensagem
Wallace McQueen

avatar

Mensagens : 318
Data de inscrição : 17/04/2015
Localização : Capital
Jogador : Állan

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Qua Jun 24, 2015 8:28 pm



Tourné da Vitória



Do Distrito 7, Alpha vai para o Distrito 5, pulando a ordem numérica, já que o Distrito 6 é o seu lar, deixando-o então para o final da Turnê. A platéia parecia bastante entediada, assim como a vitoriosa Holly. A mulher olhava desinteressada durante todo o tempo para Alpha. Já o vitorioso com o rosto desfigurado, Fennel, olhava para a foto do Tributo Feminino do Distrito 5 e chorava igual a uma criança.

-----

No pedestal de Emily, não havia ninguém. No de Will, seus pais e um casal de irmãos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alpha Malloch

avatar

Mensagens : 44
Data de inscrição : 08/06/2015
Localização : Distrito 6
Jogador : Johanna

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Qua Jun 24, 2015 11:20 pm


ALPHA MALLOCH

Voltamos a descer para o Distrito Cinco. Completamente farto de andar de um lado para outro. Aterrorizado pela ideia do que vem a seguir. Depois do sossego desde Distrito que nem uma hora sobreviveu nos Jogos, viria o meu pior pesadelo. Bato com o pé a viagem toda, apesar dos olhares e comentários da minha equipa de preparação para parar com isso. Mas era isso ou apertar minha própria pele, o que eles já me haviam repreendido logo na primeira viagem. Se querem que eu fique 'bonitinho para as câmaras', agora que aguentem...

O Distrito tinha varias fábricas, mas vários terrenos para a geração de energia das mais variadas origens também. Se bem me lembro, o Cinco ficava bem ao lado da Capital.
Subo ao palco assim que o Prefeito anuncia o meu nome. Os dois Vitoriosos já estavam sentados no palco, uma olhando para mim provavelmente tão entusiasmada por estar aqui quanto eu e o outro não parando de chorar, não tirando os olhos do pedestral do Tributo Feminino. É o que eu digo! Essa edição estava cheia de personagens. Como esse Vitorioso estranho teria algo que ver com essa garotinha idiota que me lembro só dizer baboseiras na Entrevista? Com certeza ela tinha qualquer tipo de problema, coitada.

O raio do homem não para, até quando eu começo meu discurso consigo escutar os seus soluços por entre as palavras. Reviro os olhos por um momento, antes de recomeçar a leitura. Como assim aqui dizia o quanto Emily e Will foram bravos guerreiros, quando não duraram nem a Cornucópia!? Essa Capital não sabe nem fingir. Não consigo evitar o sorriso trocista que se forma nos meus lábios ao dizer essa frase, porque não tinha mesmo como levar isso a sério. Que coisa mais ridícula.

Termino o discurso e dou a volta para abandonar o palco. É a imagem das escadas que me traz à memória o facto de que amanhã estaria indo em direção ao Distrito Quatro, e o mundo parece que para por um segundo. Como vou distrair a minha mente disso a partir de agora, eu não faço ideia...

 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anastácia Krubiet
Admin
avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 23/04/2015
Localização : Distrito Cinco
Jogador : Victor Ballagueiro

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Qua Jun 24, 2015 11:51 pm


Anastácia Krubiet


Me encaminho para a praça principal de bicicleta, hoje era dia do paparicado vitorioso cegueta chegar no Distrito Cinco e nós sermos obrigados a ouvir e aceitar tudo o que ele fala. Desvio de um rato morto no meio da avenida e balanço meus cabelos ao vento, tenho que ser majestosa e mostrar pra esse pateta que ele não é merecedor de tal vitória.

Chegando no Edifício da Justiça, espero um bocado para que ele mostre a cara para todo mundo, achei até engraçado não ter ninguém no pedestal da Emilly. Ué!? Fennel tá chorando? Coitado. Estaciono a minha bicicleta e me dirijo até o palanque pra tentar falar com ele, mas um pacificador mal educado me dá um empurrão.

— Se liga! Ele tá chorando ow. - digo, mas logo sou repreendida pelo olhar-que-não-consigo-ver do carinha. - Midisgulpe, não faço de novo, juro.

Então me dou lugar bem na frente do palco, afastei as novinhas que estavam loucas pra ver o vitorioso e levanto meu Egg Never. Alpha Malloch, meh! Finalmente apareceu, ele caminha que nem um tonto para o centro e observa todo mundo com a mesma empolgação que nós.

Quê? Do que ele ta falando? Will e Emilly foram bravos guerreiros? DROGA NÃO POSSO TER UM ATAQUE DE RISOS, NÃO AGORA, SOCORRO. Me recomponho e encaro novamente o vitorioso, mordendo o lábio inferior para segurar o riso e com os olhos lacrimejando. Ambos foram mortos por Dior logo no começo, no Banho de Sangue, como ele teve coragem de falar uma coisa dessas? Ok, agora o ódio pelo cegueta só aumenta com todos do Distrito Cinco.

Abro o meu caderninho enquanto ele não parava de falar aquele monte de baboseiras e sublinho, negrito e ainda coloco um asterisco do lado do Tributo Masculino do Distrito Seis. Quando olho para o palco novamente, ele estava terminando as suas palavras, o que me da a oportunidade perfeita de levantar o dedo do meio pra ele. Acredito que ele não tenha visto (nem os pacificadores pelo amor de deus), já que foi muito rápido e além do mais mostrei com a minha mão esquerda, ele não tem visão desse lado rsrsrs.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bart Gulliver

avatar

Mensagens : 52
Data de inscrição : 22/04/2015
Localização : Distrito 5
Jogador : Miguel

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Jun 27, 2015 2:32 am



Bart Gulliver


 Turnê da vitória, esse era um dos momentos em que Bart se sentia mais coagido e vulnerável, pelo motivo de que todo o esforço que ele fazia para se manter longe dos jogos era em vão. Todo os anos, ele ia para a praça central e ouvia discursos e mais discursos.

 Bart se encontrava a vinte metros do palanque onde Alpha Malloch acabava de aparecer para discursar, enquanto tudo era preparado para seu discurso, Bart olhava ao redor e via as feições das pessoas, ele sentia como se existisse um saco plastico sufocando todos ao mesmo tempo. Ele desviou o olhar para Alpha, Bart viu uma personalidade forte e ao mesmo tempo genérica, para ele, os vitoriosos poderiam ser classificados em duas camadas; Os que ganharam por sorte ou uma incrível superação, esses se mostravam respeitosos, abatidos e ainda traumatizados. E também tinha os vitoriosos psicopatas, que tinham sempre uma cara de deboche e desprezo ao olhar para a população do Distrito 5, Bart tinha certeza que Alpha pertencia a segunda opção.

 Quando o Alpha começou a discursar, Bart sentiu o plastico no pescoço de todos apertar cada vez mais, o modo como ele falava era indiferente e isso provocava raiva e ao mesmo tempo compaixão.
Mas quando, em um determinado momento, Alpha Malloch falava a respeito de Emily e Will soltou um risinho de desprezo, Bart não se segurou, e toda a sua raiva formou-se em seus olhos, uma lagrima quente e quase vermelha de sangue rolou por sua bochecha.

 Alpha Malloch se afastou e o saco na cabeça de todos afrouxou um pouco mais, Bart queria mostrar a Alpha o quanto estava rancoroso e ficou por minutos o encarando, Bart queria que Alpha o olhasse e visse aquela lagrima que ainda não havia secada. Mas todos os discursos acabaram, todos no palanque já haviam se retirado, Bart ainda continuava em pé mesmo com uma grande quantidade de pessoas saindo. Ele se tocou.

 Ele passou a mão na lagrima que agora estava fria, em seguida se encaminhou para casa, sua mão estava estranhamente pousada em cima do peito.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Holly Jones

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 26/04/2015
Localização : Distrito 5
Jogador : Állan/NPC

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Ter Jan 24, 2017 2:07 am


Holly Jones


Eu não consigo acreditar. Infelizmente não sou eu quem controlo a minha televisão e sim o pessoal estranho da Capital, pra passar o tempo eu decido ver como está indo a Turnê da Vitória do vitorioso, já que em questão de semanas estarei me vendo obrigada a retornar à Capital e participar de uma festinha medíocre.

Eu simplesmente não acredito que ele falou aquilo. Fico uns segundos digerindo tudo o que o fútil havia dito enquanto seguro a minha taça de vinho. Só então quando a ficha cai que eu arremesso minha taça contra a parede, manchando toda a pintura, e caio na gargalhada.

— A idiota da mentora dele não o alertou para deixar os distritos em paz? Não sei quem é mais burro, ele ou ela. – vou em direção ao bar e agarro outra taça, enchendo-a completamente. – CADÊ OS PAPEIS PRA ESSE IMBECIL LER? Sinto pena da sua família quando um motim der início no Onze só pela arrogância dele.

Eu não gostava de me lembrar sobre o que havia acontecido com a minha, mas as coisas para Brian Alderidge parecem estar tomando o mesmo rumo que o meu. Carisma nunca foi o meu forte, ao contrário da falecida Anastácia, perdi minha família logo que retornei de minha turnê apenas por não querer seguir a merda dos papeis que aquela porra de representante me dava e por minha insistência em mandar todos os distritos pra puta que pariu. Não sou muito adorada pela Capital, mas eles não têm outra escolha, já que agora nem Fennel poderia me substituir.

— Acho que o pai dele é quem morre primeiro. – digo baixo e degusto meu vinho, terminando de ver a turnê no 11.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wallace McQueen

avatar

Mensagens : 318
Data de inscrição : 17/04/2015
Localização : Capital
Jogador : Állan

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sex Fev 03, 2017 8:38 pm



Turnê da Vitória



No oitavo dia, Brian chega no Distrito 5, lar do último tributo caído na Vigésima Sétima Edição Anual dos Jogos Vorazes. Assim que chega no distrito, o mais novo vitorioso fica impressionado com as usinas nucleares e as várias placas de energia solar espalhadas por todo canto. Diferentemente dos outros distritos, a população do lugar parece bastante saudável e nem um pouco necessitada, se assemelhando aos distritos mais ricos. Mas, igual a alguns distritos por onde o rapaz passou, o clima estava bastante tenso. Talvez, mais tenso do que em qualquer outro distrito por onde Brian passou.

O único nome vitorioso ainda vivo do Distrito 5, Holly, não é visto por Brian no Edifício da Justiça. A mulher só chega depois que o mais novo vitorioso já está no palco. A população em meio a certo tumulto olha torto para Brian, que escuta de vez em quando uma vaia baixa e alguns "Toda Panem preferia ela!" e "Ninguém gosta de você!".

-----


No pedestal de Anastacia, estão seus pais; enquanto seu pai está com os braços cruzados e o semblante fechado, sua mãe não para de chorar um só segundo. No de Bart, estão seus dois irmãos mais velhos e sua mãe.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Brian Alderidge

avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 24/04/2015
Localização : Distrito 2
Jogador : Alison

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Fev 04, 2017 5:05 pm


Brian



A caminho do Distrito 5, acabo me isolando de June e Robert. Fico por horas folheando as páginas de Filha da Puta, com páginas queimadas de quando Anastacia atirou o motolov e acabou tocando fogo na minha mochila dourada.

A cor do lápis verde dificultava um pouco a leitura, o que tornava o caderno mais acabado ainda. Sem dúvidas guardarei esse diário por toda minha vida. Levo minhas duas mãos à cabeça e acabo me escondendo entre as pernas.

Tudo foi uma merda até agora, e provavelmente vai continuar sendo até eu chegar no Dois.

Ouço a porta batendo e peço para que me deem um tempo. Robert volta a insistir que já estávamos adentrando no Distrito de Anastacia. Por quantas horas eu fiquei pensando? Desde que saí do Distrito 6 eu não comi nada e nem senti fome.

Tomo coragem de sair do quarto, querendo evitar qualquer contato com June ou qualquer pessoa que pudesse me tirar o pouco da paciência que me restava. Sigo até a cozinha e encontro algumas frutas e meu café da manhã, intocado.

- Quanto tempo eu tenho, Robert!? - grito e meu acompanhante aparece rapidamente, com vários cartões em mãos.

- Quarenta minutos, senhor.

Pego duas maçãs e sigo para a preparação. Percebo que passam um pó na minha cara para tirar as olheiras da minha primeira noite sem dormir desde a arena e me vestem com um traje comum, parecido com o que eu vesti no Distrito 8. Levo a pensar que o clima dos distritos seja semelhante.

Robert vem me explicar sobre os tributos e seus feitos, mas levanto uma das mãos, interrompendo-o.

- Não fale mais nada, Robert. Já entendi.

Meu acompanhante sai nervoso e volta rapidamente com alguns cartões.

- É de extrema importância que leia os cartões...

- Você é um carreirista, Brian. Se mostre indiferente, porque meu querido, eles vão te odiar. - Minha mentora aparece, aparentemente bêbada.

Sorrio para June, tomando um dos cartões da mão de Robert, sem nem ao menos lê-lo.

Quando o vagão do trem se abre, não deixo de me impressionar com as usinas nucleares e com a cara dos habitantes. A maioria deles saudáveis, talvez tanto quanto no meu Distrito. Olho ao redor, mas não vejo nenhum sinal da vitoriosa, Holly. June finge uma tosse e finalmente a mentora aparece, caminhando em direção ao seu assento. Em seguida, um alvoroço da multidão.

- Toda panem preferia ela! - diz uma voz masculina.

- Ninguém gosta de você, carreirista!

- Aquele bestante deveria ter estourado na sua cara, animal!

Fico chocado com a complexidade e a proporção que as coisas estavam tomando, mas não deixo transparecer. Fui treinado para não mostrar fraquezas, principalmente com pessoas.

- Claro que vocês preferiam ela, me estranharia se estivessem felizes por mim - Respondo, sorrindo. Agora, se me permitem... - Levanto o cartão que Robert havia me dado e começo a ler. Sinto uma gota de suor escorrendo por minha testa e deixo o cartão de lado. Quanto a Anastacia, aprendi muito com ela durante nossa luta.

Olho para os pais de Anastacia e decido parar por ali, por respeito à garota. Não valia a pena ganhar ainda mais o ódio deles.

Dou de costas para a população e as vaias aumentam cada vez mais. Para a tristeza deles, isso era tudo o que eles podiam fazer.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anastácia Krubiet
Admin
avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 23/04/2015
Localização : Distrito Cinco
Jogador : Victor Ballagueiro

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Fev 04, 2017 9:16 pm


Família Krubiet


Wagnor e Rosa Krubiet são conduzidos até o pedestal, a mãe de Anastácia ainda não tinha superado por completo a perda da filha, seus olhos estavam caídos e os passos trêmulos, foi quando seu esposo a ajudou a terminar de subir as escadas que ela percebe o enorme rosto em animação de Ana.

— Wag, ela... – seus olhos começam a encher d'água ao admirar o rosto de Anastácia. – ela está olhando pra mim, bem pra mim.

O homem aparentava até certa frieza, ignora por completo o que a esposa diz e a ajuda chegar até o centro do pedestal. Não demora muito para que as lágrimas desmoronassem e Rosa ficasse completamente sem chão. O vitorioso chega ao palco, Holly alguns segundos depois, foi nesse momento que as vaias e insultos tomaram conta da multidão para que momentos após Brian Alderidge pudesse discursar sobre como tinha aprendido com Anastácia.

— Só isso? Só isso que ele tem a dizer sobre a nossa filha, como ele aprendeu a matar nossa garota? – Wagnor comenta enfurecido com Rosa. – Vamos, se vire, eu não consigo olhar nem mais um segundo pra cara desse imbecil.

O homem conduz a sua esposa, ambos ficam de costas. Rosa está sem palavras e só chora mais ainda quando ouve o nome de sua filha, agora tendo a visão perfeita de sua imagem naquele telão do pedestal.

— Cadê, não vão tirar a gente daqui? – Wagnor pergunta pra um dos pacificadores.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Holly Jones

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 26/04/2015
Localização : Distrito 5
Jogador : Állan/NPC

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Fev 04, 2017 9:29 pm


Holly Jones


O mais irritante de toda essa festa que fazem para o novo vitorioso num Distrito que nem é o dele é a minha equipe de preparação. Tenho que aguentar eles arrumando meus cabelos, meu estilista trazendo um vestido sob medida e a porcaria da maquiadora. Quando finalmente acaba em enxoto todos eles da minha casa e fico um tempo pensando, Anastácia foi um ícone para o Distrito Cinco, estavam tão esperançosos que é capaz de me receberem na ingratidão, como todo ano após minha vitória eu sou fuzilada nessa turnê.

Já estou atrasada quando entro no edifício, toda hora eu tenho que puxar a merda do vestido para não tropeçar com o salto. Adentro o palco e olho de soslaio para o vitorioso, me sentando e ignorando completamente a sua presença ali. Meus olhos não estão diretamente voltados para ele e sim para a população. Eu já esperava as vaias, mas percebo que elas não são pra mim quando mencionam o amor de Panem por Anastácia, isso me deixa até um pouco contente, ai se essa garota fosse vitoriosa.

O ex-magricela começa seu discurso engolido pelo cartão, não teve coragem nenhuma de olhar para os pedestais enquanto lia, dou um riso espontâneo mas nada que chamasse muita atenção, até porque eu já esperava que isso fosse acontecer. Ele termina de ler e menciona o aprendizado "kkk" que adquiriu na luta contra a garota. Me levanto e continuo encarando o povo, sem olhar sequer um segundo para o vitorioso, é quando este se vira de costas e eu me sinto na obrigação de alertá-lo.

— Naysmith sabe, pergunte a ela. Haviam dezenas de pessoas ao meu redor durante a final, eles queriam bastante a garota vitoriosa. – nesse momento eu fixo meu olhar ao garoto. – Eles estão satisfeitos com você, mas com Anastácia estariam vibrando de felicidade. – sorrio de maneira cínica.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Brian Alderidge

avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 24/04/2015
Localização : Distrito 2
Jogador : Alison

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Fev 04, 2017 9:53 pm


Brian



Logo que dou as costas para o público, vejo de lado a vitoriosa do Distrito 5, Holly, ajeitando seu vestido na cadeira enquanto fala comigo. Holly estava bonita e bem vestida, e até onde eu me lembro, ela não segurava a boca quando queria dizer algo.

Ela menciona a popularidade de Anastacia, o que me faz encarar a vitoriosa no fundo dos olhos. De fato, Anastacia deveria estar com a popularidade lá em cima, e eu não duvidava que todos os outros Distritos quisessem ela como vitoriosa. Enquanto que eu, tive uma vida toda planejada, inclusive na forma como conseguiria meu escudo e patrocínio.

Não consigo conter um sorriso de lado para a vitoriosa. De certa forma, por dentro, estava um pouco irritado por uma underdog conseguir tanto patrocínio, mas já era de se esperar, afinal, Anastácia matou muitos tributos e manuseava bem as facas de arremesso.

Por fim, dou de ombros, independente das intenções de Holly, o ódio dela e de todos do '5 era inevitável. Nem eu, nem ninguém, poderíamos fazer nada a respeito.

- Você deveria ter enviado mais uns frascos de Motolov pra ela então, mentora.

Ouço a porta do trem abrindo e não me dou o trabalho de esperar a resposta de Holly, mas eu sabia bem que ela não ficaria quieta e eu ainda ouviria algumas palavras.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Holly Jones

avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 26/04/2015
Localização : Distrito 5
Jogador : Állan/NPC

MensagemAssunto: Re: Distrito 05   Sab Fev 04, 2017 10:02 pm


Holly Jones


Um só era o necessário, Ana que foi precipitada e usou de maneira errada. Olho para o rapaz enquanto ele me dá as costas, acho que ele não sabe que temos o mesmo caminho até adentro do edifício. Fico um pouco em silêncio e caminho atrás do rapaz que agora já encontrava sua mentora. O eco do meu salto me indicava que ele ouviria qualquer coisa, querendo ou não.

— Não se ache muito, queridinho. Você só é mais um carreirista entre muitos. Já Anastácia... – faço questão de passar por ele e tomar um caminho diferente. – Hmm... Aquela garota tinha algo a oferecer, não é mesmo?

Saio pela porta e vou em direção à minha casa, tomar um belo de um vinho e relaxar, se isso for possível.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Distrito 05   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Distrito 05
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» [Internacional] Na Rússia, Distrito Militar do Sul recebe primeiro lote de helicópteros de ataque Ka-52 Alligator
» [Brasil] Piloto morre após bater em avião pilotado pelo pai no Distrito Federal
» Há 50 anos, Distrito Federal vivia seu primeiro drama aéreo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
27° Edição Anual dos Jogos Vorazes  :: Panem :: Interações-
Ir para: